segunda-feira, 8 de abril de 2013

O pedido do rei Salomão quando se viu só


“A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal.” (1Reis 3.9)

Este memorável pedido de Salomão foi feito quando ele se encontrou só. Seu reino começou enquanto seu pai, o rei Davi, estava vivo. Nesta situação não seria tão difícil reinar. Na hora da dúvida, da decisão difícil, era só consultar o homem segundo coração de Deus e pronto, tudo estaria resolvido.
Mas após a morte de Davi, Salomão tinha que decidir por si só. Situações difíceis, dúvidas, julgamentos de rei, tudo isso o levou ao alto grande Gibeão para lá sacrificar. E em Gibeão lhe apareceu o Senhor de noite em sonhos e disse-lhe Deus: Pede o que quiseres que te dê.
O pedido de Salomão reflete um homem quando se vê só. Ele pede um coração entendido para julgar o povo. Um sábio pedido. O coração do homem é enganoso, e dele procede as saídas da vida. E se este coração deixar de ser enganoso e passar a ser entendido, teremos um coração cheio de sabedoria.
Seu pedido ainda é completado com uma situação real para um líder, Salomão queria um sábio coração para discernir prudentemente entre o bem e o mal. Se o rei de Israel pede isso, é porque ambos sentimentos se aproximavam dele, o bem e o mal, seja situação ou até mesmo pessoas, estes sentimentos eram uma realidade próxima ao rei, por isso ele precisava discernir quando era um ou outro.

Esse pedido de Salomão deve ser feito nos dias de hoje. Devemos pedir para Deus trocar todo engano de nossos corações por entendimento. No lugar de um coração enganoso, devemos pedir que o Senhor o transforme para um coração entendido. Não esquecendo que nosso pedido deve incluir também que prudentemente discernirmos entre o bem e o mal. Pessoas e situações irão se aproximar de nós, e devemos ter este discernimento para separar o que nos fará bem ou mal. Saber diferenciar entre o que é santo ou profano, lícito e o que convém, bem ou mal.
Tempos depois de Salomão, vemos um jovem apóstolo que lidera a igreja de Jerusalém falar desse mesmo assunto. O apóstolo Tiago, meio irmão de Jesus, em seu primeiro capítulo, declara que quem tem falta de sabedoria, peça a Deus. Tiago, porém, diz que quem fizer esse pedido deverá fazer com fé, não duvidando. E mais adiante, o apóstolo declara que este homem, ou seja, o que não tem sabedoria e ainda duvida, não receberá coisa alguma do Senhor.
Juntando a oração de Salomão pedindo sabedoria, e a declaração de Tiago dizendo que quem não a tem não receberá coisa alguma do Senhor, então vemos o quanto essa virtude é essencial para um cristão. Antes de mais nada, querido, peça a Deus sabedoria no seu coração, isso pode mudar o rumo de sua caminhada. Peça com fé, não duvide e permita Deus tirar o engano e colocar o entendimento. Aqui não há promessa de que tudo vai ser bom, mas pelo menos quando você estiver diante do bem e do mal, você, com este coração sábio que o Senhor nos concede, irá discernir e fazer as melhores escolhas.
Que a sabedoria do alto encha seu coração hoje!

Bp Erisvaldo Pinheiro (ministrado em 06/04/13)