segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Jeremias e a visão da amendoeira

Vara de amendoeira brotando

Bp Erisvaldo Pinheiro
Palavra ministrada na C.E.Arca da Aliança, em 20/06/2014


Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que és que vê, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira. E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir. Jeremias 1.11-12


O destaque inicial nesta passagem é o ainda. Este termo mostra uma continuidade na obra do Senhor na vida de Jeremias. Ele já tinha tido pelo menos dois encontros com Deus. Já iniciara sua jornada da fé, como muitos de nós também já fizemos. Mas aqui, o profeta ainda continua ouvindo a palavra do Senhor. Isso mostra o quanto Jeremias permanecia no centro da propósito de Deus. Exemplo para nós!

Deus, em sua soberania, faz uma pergunta intrigante e misteriosa ao profeta: Que és que vê? Deus não explica a profundidade da visão. Jeremias deveria buscar o entendimento da revelação no Senhor. Jeremias vê uma vara de amendoeira.


  • Amendoeira

O profeta poderia ter pelo menos três lembranças ao ver aquela vara de amendoeira. Este vegetal já possuía um forte simbolismo na história do povo de Deus. Veja:
  1. O candelabro era adornado por amendoeiras (Êx 25.33).
  2. A vara de Arão floresceu e brotou amêndoas (Nm 17.8).
  3. A exortação final de Eclesiastes usa o florescer da amendoeira como exemplo (Ec 12.5).
Mais duas características marcantes podemos acrescentar:
  1. É a primeira árvore que brota na primavera. Por isso, é chamada de shaked, que significa despertador.
  2. Possui duas variedades em seus frutos. Podem ser amargos ou doces. 

  • Que és que vê?

E você, querido leitor, o que você vê ao olhar uma amendoeira? Qual destas cinco características descritas acima lhe toca ao coração? Oh, meu amado ou minha amada, oro ao Espírito para que Ele mesmo lhe faça esta pergunta: Que és que vê?
Se a amendoeira era um adorno do candelabro que ficava acesso dia e noite dentro do tabernáculo, esta visão pode estar chamando sua atenção para suas orações dentro da casa do Senhor. Suas orações não podem parar! Dia e noite, orai sem cessar! O Filho intercede por ti a destra do Pai. O Espírito roga por ti com gemidos... mas suas orações ainda são valiosíssimas dentro da casa do Senhor!

Se a amendoeira floresceu e brotou na vara de Arão, confirmando seu chamado sacerdotal, esta visão também pode estar fazendo isso com você. Duvidaram do chamado de Arão, mas Deus confirma chamados! Não apenas floresceu, também brotou. A vara morta gerou vida! Oro ao Espírito que você creia que seu sacerdócio será, não apenas confirmado, mas também vai gerar vida, mesmo quando parecer morto! Aleluia!

Se no livro de Eclesiastes, Salomão está exortando aos jovens a se lembrarem do Criador usando o florescer da amendoeira como exemplo, essa exortação é para nós também! Ao passar nossos olhos na visão de Jeremias, a amendoeira deve nos fazes sentir esse apelo de jamais esquecermos do Criador!

Seja qual for a visão que você tem, não se esqueça que a amendoeira anuncia a chegada da primavera. É o momento em que o clima muda. Esta visão nos mostra que vai e deve acontecer mudanças. Precisamos ser mudados com esta visão! Precisamos gerar os frutos da amendoeira. Que podem ser doces ou amargos. Deus sabe, Ele vai experimenta-los. Brotemos os mais doces frutos ao Senhor! Sabe porque?

...porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.


Que a paz do Senhor repouse em ti!


Fontes de estudos:
Bíblia de Estudo Pentecostal - Ed CPAD
Bíblia de Estudo Dake - Ed Atos
Novo Dicionário Bíblico- Jhon Davis - Ed Hagnos