segunda-feira, 15 de abril de 2013

Começar, continuar e ir até o fim... fiel ao Senhor.

"E eis que, por ordem do Senhor, um homem de Deus veio de Judá a Betel; e Jeroboão estava junto ao altar, para queimar incenso". (1Reis 13.1)



Um homem de Deus, assim é definido o protagonista deste capítulo da história de Israel. Sem nome, como sinal de que o emissário do Senhor não deve ter seu nome em holofotes, pelo contrário, ele carrega o próprio nome do Senhor. O relato desse anônimo revela uma verdade atual. Muitos começam bem, mas não conseguem continuar bem. Outros continuam fiéis, mas não conseguem ir até o fim. Deixe o Espírito do Senhor falar contigo para você começar, continuar e ir até o fim debaixo da presença do Senhor.

  • Começar fiel.


Para entender a difícil missão desse homem de Deus, devemos lembrar que a nação de Deus havia sido dividida, ao sul, Judá com duas tribos, e ao norte, Israel com dez tribos. Roboão, filho do sábio rei Salomão, fora que causara essa divisão. Em vez de escutar os conselhos dos sábios, escutou dos jovens que haviam crescido com ele, resultado, nação dividida. No reino do Norte, Jeroboão é aclamado rei. E como uma de suas primeiras ações, decide criar locais para sacrifício. O rei de Israel não queria que seu povo descesse à Jerusalém para o culto. Um povo de mesma origem, agora separados.

A missão do homem de Deus era levar uma palavra de exortação da parte de Deus para o rei Jeroboão. Sair de Jerusalém á Betel por si só já mostra a árdua tarefa do profeta. Mas ele fora fiel, obedeceu prontamente a ordem de Deus.



Chega à presença do rei e libera a palavra do Senhor, e ainda confirma a palavra com um sinal. O altar seria dividido. O rei coloca a mão no altar e tem sua mão ressecada, nesta hora ele pede oração para o homem de Deus. Na hora da dor, muitos se lembram também de pedir oração. O profeta ora e o milagre acontece. 

  • Continuar fiel.


A fidelidade do homem de Deus é testada. O rei lhe faz uma proposta. Oferece pão, água e que volte do caminho. Sinal de agradecimento ou barganha, mas o profeta nega, pois Deus já havia advertido para não receber outro pão, outra água ou outro caminho além do que ele já estava usando. 

Propostas são feitas logo nosso ministério começa dar frutos. Outros alimentos, outras águas, outros caminhos são colocados à nossa disposição. Para começar e continuar bem, devemos recusar propostas de outros pães que são oferecidos, outros tipos de palavras, outros tipos de evangelho, outras práticas além da pura verdade da Palavra do Senhor. Para começar e continuar bem, devemos, também, recusar outras águas oferecidas, o Espírito do Senhor, tipificado pelas águas na Bíblia, não muda, é o mesmo que continua falando à igreja, não há outro espírito que possa substituí-lo. E para começar bem e continuar bem, devemos recusar outros caminhos oferecidos, caminhos mais fáceis, mais largos, mais prósperos. O caminho continua sendo estreito, no caminho ainda deve ser carreganda uma cruz, o caminho ainda é Jesus.


  • Ir até o fim fiel ao Senhor.

Nos primeiros testes, o homem de Deus passara com propriedade. Começou e continuou fiel. Mas seu fim não foi tão bom assim. 

O homem de Deus recebe uma nova proposta. Bem parecida com a primeira, lhe é oferecido pão, água e outro caminho. Recusa de primeira. Mas aí veio o golpe certeiro, a proposta é pintada com um requinte de revelação e aparição de anjo!

Um profeta velho, sabendo da fama do homem de Deus, deseja tê-lo em sua casa e ordena que seus filhos vão ao seu encontro e lhe diz que um anjo lhe aparecera. 

Se tem anjo, profeta velho e revelação, então deve ser de Deus mesmo! Deve ter pensado o homem de Deus, que logo sai do seu caminho. Esse tipo de proposta continua sendo feita. Aparições, anjos, profetas velhos estão por aí tirando muitos homens de Deus de seus caminhos. Acredito em revelação, mas nenhuma pode ser contrária à Palavra do Senhor.

Pense nisso...


O homem de Deus falhara nesta proposta seu fim foi um encontro trágico com um leão. Justamente um leão que séculos mais tarde é colocado pelas sábias palavras do Apóstolo Pedro:
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 
(1 Pedro 5:8).




     A ordem de Deus demonstra seu amor e cuidado pelos seus escolhidos. Cuidado com propostas, escute a voz de Deus e seja fiel até o fim.


Bp Erisvaldo Pinheiro (ministrado em 14/04/2013)