terça-feira, 8 de outubro de 2013

Tudo de Eva veio de Adão e tudo da Igreja deve vir de Cristo

Tudo da Igreja deve vir de Cristo assim como tudo de Eva veio de Adão.
Então disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais grandes de toda a terra e sobre todos os pequenos animais que se movem rente ao chão".
Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
Deus os abençoou, e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra".
Gênesis 1:26-28


Convido você, meu irmão e minha irmã, a meditar em alguns pontos da criação do homem e da mulher e a relação da formação de Eva a partir de Adão e da formação da Igreja a partir de Cristo.


  • Façamos

Uma fala inédita na criação. Até o momento, tudo foi criado a partir da Palavra de Deus. Na criação do homem, porém, há uma conferência entre a deidade (Pai, Filho e Espírito Santo). Mostrando que algo muito especial vai acontecer!

  • Nossa imagem (v.26) e sua imagem (v.27)

Enquanto que no versículo 26 a deidade propõe a criação de acordo com nossa imagem, no versículo seguinte o homem foi criado à sua imagem! Plural na primeira e singular na segunda. Comparando com o texto de Romanos 8.29, vemos que a imagem é de Jesus Cristo. O Filho é escolhido para ter a sua imagem no homem recém criado, guarde essa informação.



Afinal, qual foi o motivo da conferência e da escolha da imagem do Filho para o homem? Qual foi o plano de Deus para a criação do homem?

O texto ensina que a vontade primeira de Deus, colocada na pauta da conferência da deidade, era que o homem domine. Após criado, a vontade permanece na benção divina enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai. 

O homem, dotado da imagem do Filho, criado na terra para... DOMINAR!

Reflito por que teria Deus criado o homem com propósito de dominar a terra. A resposta está nas primeiras palavras da Bíblia:


  • No princípio, criou Deus os céus e a terra (v.1)
  • E a terra era sem forma e vazia (v.2)
Observe que no primeiro versículo duas obras foram criadas, os céus e a terra. No segundo, porém, apenas a terra é colocada com a descrição de sem forma e vazia. 

O verbo do segundo versículo ERA em seu original hebraico é o mesmo mencionado em Gn 19.26, quando a mulher de Ló converteu-se em sal. Esta mulher não era de sal em seu início, mas tornou-se de sal. Da mesma forma pode ser traduzido o verbo do primeiro versículo em tornou-se. Fica assim: No princípio, criou Deus os céus e a terra. E a terra tornou-se sem forma e vazia. A terra não foi criada sem forma e vazia. Algo aconteceu para que ela se tornasse sem forma e vazia. 

Havia algo de errado com a terra.

Jesus ensinou aos seus discípulos que tinha visto o diabo cair dos céus como um relâmpago (Lc 10.18). Em Isaías 14:12-14 diz: 
"Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo."

Expulso dos céus e lançado na terra. Por isso, os céus não são citados no versículo dois. Os céus continuavam em sua plena santidade, como habitação do Deus Criador! Enquanto que a terra... contaminada pelo mal.

Na oração ensinada por Jesus, vemos esse propósito de Deus de restaurar a terra. Na construção das frases, no original grego, a frases assim na terra como nos céus é conjunta às frases anteriores. Ficam assim:

Santificado seja o teu nome > Assim na terra como nos céus
Venha o teu reino > Assim na terra como nos céus
Seja feita a tua vontade > Assim na terra como nos céus



Nosso mestre estava ensinando que deveria ser estabelecido na terra aquilo que já existia no céu. Havia santidade nos céus, mas deveria ter na terra. O Reino estabelecido nos céus, deveria vir para a terra. A vontade de Deus que era recorrente nos céus, mas deveria ser também na terra.

E de quem seria essa missão? Do homem, criado à imagem de Deus!

A terra contaminada por satanás, deveria ser dominada pelo homem!

Voltando no texto inicial de Gn 1.26, vemos que Deus ordena que o homem domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra... Veja que aqui caberia um ponto final, toda terra é toda a terra! Mas, para nossa surpresa é colocado uma vírgula e acrescentado e sobre todo réptil que se move sobre a terra!

Este réptil que se move sobre a terra é uma clara alusão a satanás. Na maldição que Deus lançou sobre o diabo foi dito que rastejarás sobre teu ventre e comerás pó todos os dias da tua vida (Gn 3.14b). Quando Jesus instruía seus discípulos o diabo foi identificado como uma serpente (Lc 10.19) e que Ele nos daria poder e autoridade para pisar em serpentes e escorpiões!

Deus criou o homem para dominar a terra que já estava sendo dominada por satanás. Deus próprio poderia acabar com o diabo, mas Ele não quis. Ele fez algo mais grandioso. Deus é Deus e o diabo é apenas criatura. Deus criou uma criatura para dominar a outra criatura. Deus dominando a terra seria desperdício de poder, então, Ele cria o homem para dominar a terra e o diabo.

Não aceite, querido irmão e irmã, que o diabo domine sua família (ele vai tentar!), seu trabalho, sua vizinhança, sua cidade... não aceite, pois Deus criou VOCÊ  para dominar! O diabo rasteja pela terra e se alimenta do pó da terra, por isso, nunca mais caia, dizendo que o cair é do homem e o levantar é de Deus, caído no chão a pessoa vira alimento pro imundo! Quando Deus ordenou que seu povo saísse do Egito, Ele não disse saiam andando ou correndo, a ordem foi MARCHEM! Marchando, querido, você estará pisando na cabeça de serpentes e escorpiões! Aleluia!

Deus criou o homem para dominar, mas o homem desobedeceu e pecou!


  • O propósito imutável de Deus

Mesmo o homem pecando, o propósito de Deus não muda! O pecado não tem poder para mudar a vontade de Deus. Deus criou o homem para dominar a terra e sua vontade permanece. A terra é para o homem, não para o diabo!

No belo Salmo 8, o salmista retrata a satisfação de Deus sobre sua criação. Mesmo com o pecado, a satisfação de Deus continua a mesma. Observe e guarde estes versos:

"Contudo, pouco menor fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras de tuas mãos; tudo puseste debaixo de teus pés"          (Sl 8.5-6)
Como poderia o homem cumprir o propósito de exercer domínio sobre a terra, tendo caído? A resposta está em Hebreus 2, observe:

"vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos" (Hb 2.8)
Fico maravilhado com estes dois textos! No primeiro, o homem é apresentado como um pouco menor que os anjos, e como aquele que vai ter domínio sobre as obras de tuas mãos. No segundo, Jesus é apresentado como o que fora feito um pouco menor que os anjos! Assim, o propósito inicial de Deus se cumpre. Jesus, inteiramente homem, criatura, menor que os anjos, mas sem pecado, sem ter caído, provado e aprovado vencendo o diabo, Ele sim, cumpre o propósito de Deus e exerce domínio sobre toda a terra! ALELUIA!

O Deus, que também quer ser Pai, não se satisfez em ter apenas seu Unigênito como Filho exercendo domínio sobre a terra, e o faz Primogênito. De um, passou a ser o primeiro. Em Cristo se cumpre o propósito de Deus, mas quem poderia ser o segundo, exercendo domínio juntamente com Cristo? A resposta está na criação inicial, veja:


  • Eva

Deus criou Adão e algum momento depois disse Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que esteja como diante dele. Jesus é chamado de o último Adão (1Co 15.45). Adão era uma representação de Jesus, e não poderia estar só.

Então, Deus fez cair um sono profundo em Adão e tomou uma das suas costelas e formou uma mulher. Veja, querido, que tudo de Eva saiu de Adão. Se Adão é uma representação de Jesus, Eva representa a Igreja. Tudo de Eva veio de Adão e tudo da Igreja deve vir de Cristo!

Da mesma forma que Eva foi feita no sono profundo de Adão, a Igreja foi feita na morte de Cristo na cruz do Calvário. Eva foi feita no momento em que Deus tirou uma costela de Adão, do mesmo jeito, a Igreja foi feita no momento em que aquela lança perfurou a região das costelas de Jesus.

Igreja para ser Igreja tem que ter saído de dentro de Jesus. Tem que ter passado na cruz do Calvário. Tem pessoas que até que cantam bem, usam sua voz para cantar todo tipo de música secular. Quando vão pra igreja, trocam a música, agora louvor. Mas, a questão é: PASSOU PELA CRUZ? ESTE LOUVOR NASCEU DE DENTRO DE JESUS? Caso contrário, querido, não serve, não é igreja.

Eva não tem nada da terra. Ela foi feita integralmente do interior de Adão. A igreja não pode ter nenhuma contaminação do mundo, nenhum pó da terra, a igreja deve ter origem totalmente do interior de Cristo! Há pessoas que até são inteligentes, e usam sua inteligência para diversos fins, então vão para a igreja e passam a usar sua inteligência para estudar a Bíblia. Mas, será que passou pela cruz? Outras são líderes por natureza e exercem sua liderança em seus grupos ou famílias, vão para igreja e naturalmente se tornam líderes, mas se sua liderança não tiver passado pela cruz, se não tiver nascido de Cristo, então, não serve para nada! Devemos refletir se o que fazemos na igreja tem edificado ou prejudicado? Se passou pela cruz, vai edificar, se não passou, vai prejudicar! Rogo que o Espírito nos convença desta palavra!

Eva foi feita da costela de Adão. A Igreja foi feita quando o lado de Jesus foi transpassado pela lança do oficial romano. Na ocasião, saiu do interior de Jesus (nesta hora já morto) sangue e água (Jo 19.34).


  • Sangue

O sangue percorre todo nosso corpo. Leva os nutriente necessários às diferentes partes do nosso corpo. O sangue vertido de Jesus tem essa função: percorrer todo o corpo, toda a igreja. O sangue une todas as partes da igreja. O sangue de Jesus leva o alimento para toda a igreja.

  • Água

A água nos limpa. Tira toda a sujeira. A água que saiu do interior de Jesus é para tirar toda e qualquer sujeira da igreja.

A água, também, é para saciar a sede. E quanto mais o corpo exercer atividade, mais sede terá. Corpo parado não terá sede! Entenda isso, meu irmão e minha irmã, se ficarmos parados, com uma fé sem obras, não teremos sede. Precisamos dessa sede, é ela que nos leva de volta à cruz, onde jorra a água de Jesus. 

Oh querido, que essa palavra nos convença que todo o corpo de Eva foi gerado de Adão. E que de Jesus, o último Adão, também foi gerado todo o corpo de Cristo, sua igreja! Cristo e sua Igreja cumprem o propósito inicial de Deus de dominar a terra. 

Que você, Igreja do Senhor, não seja dominada com os valores desta terra. Que você, oh Eva nascida do último Adão, cumpra um desejo antigo e imutável do coração de Deus: trazer a santidade dos céus para a terra, trazer o Reino dos céus para a terra, trazer a vontade de Deus para a terra. Você foi criado para isso! Você nasceu para isso!


Deus o abençoe,
Bp Erisvaldo Pinheiro Lima (ministrado em 06 de outubro de 2013, na C. E. Arca da Aliança - SEDE, Reunião de Obreiros)

Fonte de apoio:
Watchman Nee, A IGREJA GLORIOSA. Editora Árvore da vida.