segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Davi na caverna e a quebra de laços ocultos

Davi na caverna de En-Gedi, quando lhe foi armado um laço oculto.
No caminho em que eu andava, ocultaram um laço. 
Salmos 142:3

Caverna é lugar de provação, incerteza, medo, solidão e insegurança.

Na palavra do Senhor, vemos três exemplos de homens que em algum momento de sua jornada da fé estiveram no frio de uma caverna, em decorrência de perseguições. Elias, quando perseguido por Jezabel, se escondeu numa caverna. Davi, perseguido por Saul se escondeu em cavernas por duas vezes, a primeira, na caverna de Adulão (1Sm 22), e a segunda, na caverna de En-Gedi (1Sm 24). O que me chama a atenção é que Elias entrou na caverna uma vez, foi provado, mas saiu dela ouvindo a voz do Senhor (Confira a mensagem de Elias na caverna clicando aqui). E nunca mais o profeta se escondeu numa caverna. Davi entrou na caverna de Adulão, Deus o honrou, formou um exército de combatente leais... e no momento em que sua vida parecia que ia ter o final feliz... lá estava Davi na prova de dono, lá estava Davi na caverna de novo.

  • Parecia

Esse parecia testa a nossa força e fé. Você já viveu dias assim, em que foi provado e depois da prova parecia que as coisas melhorariam? Parecia que ia dar certo? Parecia que ia pra frente? Parecia que ia ser de um jeito, mas foi de outro? Momento em que você diz: "Meu Deus, agora vai acontecer...", mas volta tudo como estava. São momentos em que você pode estar vivendo como Davi na caverna de En-Gedi. A caverna do desapontamento, da decepção, da frustração, onde há um choque de realidade, onde parecia que ia ser... mas não foi! Quando a história de Davi parecia que ia mudar, aconteceu de estar numa caverna de novo.


  • De novo

Caverna de En-Gedi é o lugar onde de novo a perseguição acontece, de novo as coisas tomam um rumo inesperado. Mas, deixa eu te dizer uma coisa... caverna de En-Gedi é onde de novo Davi clamou, suplicou, se rasgou diante do Senhor, e também é o lugar onde de novo Deus escutou seu ungido e de novo veio ao seu encontro. Assim acontece com você também, você deve clamar de novo e saiba que o Senhor vai te escutar de novo e vir mais uma vez ao teu encontro! 


  • No caminho

Há uma semelhança entre as três cavernas em que os escolhidos do Senhor se refugiaram. Elias uma vez e Davi por duas vezes, se assemelham pelo fato de que nas três ocasiões eles estavam no caminho! É importante frisar isso, pois, são momentos em que o acusador pode soprar acusações de que você é culpado por cada situação que não deu certo, mas, situações que não dão certo acontecem mesmo você estando no caminho certo. Mesmo Davi estando no caminho, seu inimigo lhe armou laços ocultos.

  • Laços ocultos

Laços ocultos têm, pelo menos, três características:
  1. São injustos, pois Davi estava no caminho. Estava na direção certa que seu Deus o havia colocado.
  2. São covardes, pois Saul levantou 6.000 contra Davi. Não foi uma guerra declarada, foi uma perseguição com uma armadilha oculta.
  3. Objetiva derrubar. Laços são colocados no caminho para derrubar alguém. E no pior sentido desta palavra, como em Jo 10.10, que diz que o inimigo veio para roubar, matar e destruir.

Roubar, matar e destruir pode ser entendido com a ilustração da caneta. Imagine, querido leitor, que você seja uma caneta. O inimigo vai tentar roubar sua santidade, e a caneta perde sua tampa. O inimigo vai tentar matar seu interior, e a caneta perde sua tinta. Olhando para o que resta da caneta (sem tampa e sem tinta) pergunto, você usaria uma caneta como esta? Serviria para alguma anotação sua? Por isso, que destruir vem por último, é quando a caneta é jogada no lixo, e todo tipo de porcaria poderá entrar em seu interior vazio. Quem iria querer uma caneta assim? Sem escrever e ainda jogada no lixo acredito que ninguém iria perder seu tempo com uma caneta assim, exceto Jesus! Ele vai no lixo e pega de volta a caneta. Limpa seu interior tirando toda sujeira. Recoloca sua tinta e sua tampa. E guarda no bolso de sua camisa (lado esquerdo do peito). Você é esta caneta, não esqueça. O inimigo tentou (e tenta) te roubar, matar e destruir. Continue no caminho, pois, Jesus o colocou do lado esquerdo do peito para sua proteção e uso. Sim, Ele quer te usar para escrever uma história para memória desta geração.

Na caverna de En-Gedi, Deus entrega o inimigo nas mãos de Davi. Hoje, Deus já entregou o inimigo em suas mãos, não há o que temer. Davi viu seu temido inimigo totalmente indefeso em sua frente. Aquele que quer roubar, matar e destruir, armando laços ocultos contra você, também já está indefeso em sua frente. Faça como na oração que o homem segundo o coração de Deus fez, uma mistura de angustia e fé. Dor e confiança. Encavernado, mas com a certeza que em Deus a história tem final feliz:

"Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem" (Sl 142.7)

Que o poder do Senhor Jesus te livre de todos os laços ocultos,
Bp Erisvaldo Pinheiro Lima (ministrado em 14 de setembro de 2013, na abertura da Campanha "Quebra de laços ocultos")