segunda-feira, 8 de junho de 2015

Sete pecados capitais que impedem a prosperidade




Há quem acredite que é errado prosperar ou enriquecer. No Brasil, por fatores históricos e culturais, somados a erros de interpretação da Bíblia, existe certo preconceito contra a riqueza. Isso se chama teologia da miséria. Está na hora de mudar essa mentalidade. Nos Estados Unidos, por exemplo, a mentalidade cristã é de que, com trabalho e a benção de Deus, é possível mudar de vida.


Por outro lado, devemos evitar os erros da teologia da prosperidade. Acreditar que Deus tem a obrigação de dar bênçãos e riquezas a quem frequenta a igreja ou faz ofertas generosas é, no mínimo, falsificar a palavra de Deus.

A Bíblia deve ser nossa fonte de posicionamento e de mudança interior. Nosso mundo exterior, seja em qualquer área de nossa vida, será afetado pelo nosso mundo interior. 


Listaremos os erros mais comuns que cometemos em relação às finanças. Para quem almeja melhorar de vida, oferecendo o melhor para sua família e, ainda,  contribuir para a obra do Senhor, deve conhecer esses sete pecados capitais:


1- O pecado da pressa “quem tenta enriquecer depressa não ficará sem castigo” (Pv 28.20)
  • Desenvolva a paciência
  • Aproveite o que pode parecer uma “demora” para adquirir mais conhecimento e experiência.
  • Lembre-se de que a direção correta é mais importante que a velocidade


2- O pecado da avareza “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; nessa cobiça alguns (...) se transpassaram a si mesmos com muitas dores” (1Tm 6.10)
  • O dinheiro deve ser um escravo, e nunca um senhor (Mt 6.24-27)
  • Não encare o dinheiro como prioridade da sua vida
  • Não tente prosperar de qualquer maneira, valendo-se de atitude desonestas


3- O pecado da falta de prazer no trabalho “Regozijai-vos sempre” (1Ts 5.16)
  • Mas nasce o sol, (...) o homem sai para o seu trabalho. E para sua ocupação até a tarde (Sl 104.22-23)
  • Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também (Jo 5.17)
  • Pense no valor do seu trabalho para se sentir mais estimulado. Se você lida com pessoas, pense no bom serviço que pode lhes prestar e em como isso facilitará a vida deles. Imagine a satisfação do consumidor com aquilo que você ajuda a produzir.
  • Todo trabalho traz algum proveito e aprendizado e, cedo ou tarde, as oportunidades vão surgir.


4- O pecado da ira contra a riqueza “Abrão era muito rico em gado, em prata e em ouro” (Gn 13.2)
  • Tenha como modelo e fonte de inspiração pessoas prósperas e de sucesso que merecem sua admiração, por serem competentes, honestas, trabalhadoras e generosas.
  • Não tenha vergonha de querer melhorar de vida
  • Livre-se da mentalidade de que é mais honrado ser pobre do que rico.
  • Visualise todas as coisas boas que você poderá proporcionar a si mesmo e aos outros ao prosperar.


5- O pecado da inveja e da cobiça “O invejoso é ávido por riquezas, e não percebe que a pobreza o aguarda” (Pv 28.22)
  • Um dos maiores obstáculos ao sucesso é ficar competindo com os outros e invejando o que têm, em vez de batalhar pelos próprios sonhos.
  • Comemore sinceramente quando alguém melhorar de vida e tome isso como exemplo e fonte de motivação.
  • Abençoe aquilo que você quer


6- O pecado da preguiça “A preguiça faz cair em profundo sono; e o ocioso padecerá fome” (Pv 19.15)
  • Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio! Ela não tem chefe, nem supervisor, nem governante, e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento. Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono? Tirando uma soneca, cochilando um pouco, cruzando um pouco os braços para descansar, a sua pobreza o surpreenderá como um assaltante, e sua necessidade lhe virá como  um homem armado (Pv 6)
  • O problema das pessoas é que querem vitória, mas não querem semear, não querem ajudar os outros. Todas vez que queremos ir mais alto, nossa carne deve ir mais baixo. Deus não quer que sejamos um bando de crianças mimadas
  • Comece a se disciplinar. Monte um planejamento que defina ações e prazos, e cumpra-o.
  • Não fique esperando as oportunidades caírem do céu, mãos à obra.
  • Sonhe e realize!


7- O pecado do orgulho “Antes da sua queda o coração do homem se envaidece, mas a humildade antecede a honra” (Pv 18.12)

  • É preciso estar disposto a servir para ser um grande líder.
  • Pense que você tem muito mais a ganhar sendo humilde do que arrogante.
  • Valorize e respeite as pessoas que trabalham com e para você.
  • Nunca se esqueça de que você pode estar por cima hoje e por baixo amanhã.

Não há nada de errado no desejo de melhorar de vida. Acredito, com base no que já testemunhamos, que o dinheiro não muda ninguém, ele apenas realça aquilo que você já é. O dinheiro faz com que o soberbo seja mais soberbo, e faz com que o humilde seja ainda mais humilde. O dinheiro faz com que o ganancioso seja ainda mais ganancioso, e o generoso, ainda mais generoso. Assim, Bíblia deve ser nosso manual de transformação diária de nosso interior, como disse o venerável ganhador de almas, Billy Graham:

Estude a Bíblia para ser sábio, creia nela para ser salvo, siga os seus preceitos para ser santo.

Fonte de apoio:
  • As 25 leis bíblicas do sucesso / Willian Douglas e Rubens Teixeira; Editora Sextante, 2012.

Bispo Erisvaldo Pinheiro
Palavra ministrada em 07 de Junho de 2015
Comunidade Evangélica Arca da Aliança (Templo de Samambaia Sul/DF)